Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Isto É Peanurs

8 razões para querer ser um Sim

O Sims deve ser o jogo mais famoso de sempre e, depois de ter passado muito tempo a jogá-lo, cheguei à conclusão de que ser Sim é bastante mais proveitoso do que ser humano. É por isso que hoje exponho 8 razões que suportam esta minha tese.

 

1 - Mudança de aspecto

 

Há dois anos vi-me praticamente obrigada a cortar o cabelo pelos ombros. Não imaginam a dor e ainda imaginam menos o tempo que ele demorou a crescer até ao ponto em que está hoje. No Sims não há esse problema. Tão depressa temos o cabelo cor-de-rosa pelos ombros, como o temos comprido e às madeixas roxas e verdes. Isto para não falar das mudanças de roupa. Mudar de roupa no inverno é das coisas mais dolorosas que me podem obrigar a fazer. Vestir umas calças de ganga em janeiro deve ser pior que ir à serra da estrela em calções. No Sims é fazer uma pirueta e puff, mudança de roupa feita.

 

2 - Relações

 

Ter amigos é uma questão de tirar umas horas para conversar com a primeira pessoa que passa na rua. Daí a casar com essa mesma pessoa é uma questão de abraços durante uma hora. Claro que há sempre a probabilidade de depois dessa hora de intensos abraços a pessoa rejeitar um pedido de casamento porque tem fome ou porque a casa está mal decorada, mas não podia ser tudo perfeito.

 

3 - Emprego

 

Ao contrário do que se passa no nosso país, no Sims toda a gente tem emprego. Até os animais de estimação. E o melhor é que todos têm o emprego dos seus sonhos sem que as qualificações importem. Queres ser cozinheiro sem saber distinguir uma batata de um limão? Sem problema. Queres ser músico sem saber o que é uma clave de sol? Claro! E há pogressão no trabalho. Sim, pogressão. E as remunerações são deveras boas, partindo do princípio que o Euro e os Simoleões valem mais ou menos o mesmo.

 

4 - Deslocações

 

Ir de uma ponta à outra da cidade em minutos é mais fácil do que beber um copo de água. Demorava mais tempo a ir de Algés ao Parque das Nações de carro sem trânsito e sem limite de velocidade do que um Sim a correr.

 

 

5 - Aprendizagem

 

Aprender é uma questão de leitura. Quem souber ler, sabe tudo. Posso nem saber o que é uma chave de fendas, mas o livro "mecânica volume 1" tem tudo aquilo de que eu necessito para conseguir arranjar o autoclismo que se está sempre a estragar. No dia em que eu vir o "Culinária volume 1" à venda na Fnac ou afins, compro-o.

 

6 - Delete

 

Comprar móveis para a casa implica um investimento enorme e é preciso saber escolher tudo muito bem. É que hoje posso gostar de ver uma mesa em vidro e amanhã já querer uma em madeira. E não posso começar a comprar as mais baratas e alterar à medida que ganho dinheiro. Quer dizer, não posso se não estiver no Sims. No Sims o delete não só serve para remover objectos indesejados como ainda nos é dado dinheiro por eles. É uma espécie de OLX, mas melhor.

 

7 - Não guardar

 

Chegar ao final do dia e poder "não guardar" é das coisas que mais falta me fazem. É que há dias em que eu faço literalmente nada! Imaginemos que hoje era um desses dias. À meia-noite perguntavam-me se queria guardar ou não. Eu dizia que não e amanhã acordava e era novamente quinta-feira!

 

 

8 - Motherlode

 

Imaginem o que era ter 50 mil euros à distância de um control + shift + C. Não custa sonhar, não é? 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.