Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Isto É Peanurs

10 motivos pelos quais o verão é sobrevalorizado

2.png

 

 

Estamos no início de agosto, aquele mês que exclama verão por todo o lado. Sendo eu uma adepta fervorosa do inverno, trago-vos um conjunto de razões para perceberem o porquê de o verão ser uma das piores estações do ano.

 

1. Calor insuportável

 

Sim, é suposto estar calor no verão… o que não é suposto é eu sair de casa e sentir-me como suponho que se sente um porco no espeto. Um verão com 25 graus era coisa para eu suportar sem me queixar, mas quando chegamos aos 40 ou lá perto, não há razão para não odiar o verão!

 

2. Dormir com o calor

 

Dormir é das minhas atividades preferidas e sou excelente a fazê-lo. A menos que sejam duas da manhã estejam 30 graus dentro de casa. Uma solução seria abrir a janela para entrar aquela réstia de vento que se faz sentir lá fora, mas isso leva-me ao próximo ponto.

 

3. Mosquitos e insetos

 

Não há nada mais irritante do que querer dormir e ouvir aquele zumbido das melgas a sobrevoar a nossa cabeça à procura da melhor veia para nos drenarem o sangue de noite.

 

4. As típicas fotos de verão nas redes sociais

 

Ao que parece para se ter um verão absolutamente fenomenal é indispensável publicar no face ou instagram um conjunto de fotos como: foto das pernas com o mar ao fundo; foto com um prato de caracóis e uma imperial; foto de um qualquer país para onde a pessoa foi passar férias onde só se vê a pessoa em questão e nada do suposto monumento que devia estar na foto… and the list goes on.

 

5. As partes de corpo que ninguém quer ver

 

Sabem o quão difícil é encontrar calções para o verão? Eu sou das poucas pessoas que vive este drama. Vou a todas as lojas e vejo “calções” mais caros que calças. E calções está entre aspas porque na verdade o que há à venda não são calções mas sim aquilo que eu batizei como “cuecas de ganga”. Parecem calções, mas quando os vestimos vêm-se metade das nádegas. Há cuecas maiores que os calções de hoje em dia. Eu, que sou uma pessoa antiquada e que não gosta de andar a mostrar metade do rabo no meio da rua, não posso usar roupa de verão.

 

6. Não há futebol

 

Não é algo que afete toda a gente, mas há uma maioria que sofre pelo mundo inteiro sem futebol para ver. E não, o Euro não veio resolver nada. Entretém, mas não se pode comparar à alegria de ver o Benfica!

 

7. Escaldões

 

Nunca apanhei nenhum escaldão na vida até porque sou uma daquelas pessoas que se passar uma semana na praia fica mais ou menos como o Mantorras, mas acredito que deva doer. Claro que ficar a torrar na praia às horas de maior calor sem chapéu nem protetor solar é mesmo pedir para ficar que nem uma lagosta. Para quem apanha escaldões só de sair à rua, ficam as minhas condolências.

 

8. O francesismo

 

Todas as terras triplicam o número de habitantes em agosto. Nenhum problema com isso. O meu problema está na quantidade de francês que ouvimos nas ruas. A lógica de uma pessoa que sempre falou português na vida chegar a Portugal e perguntar-me “ça vas?” é algo que me ultrapassa. Isso e o monte de palavras francesas que misturam numa frase portuguesa. Uma vénia aos emigrantes que chegam cá a falar português e sem se quererem armar em bons!

 

9. Volantes que queimam

 

Conduzir no verão é das piores coisas da vida. Estacionamentos à sombra é para esquecer. As costas começam a colar ao banco, o volante queima-nos as mãos ao ponto de nos apetecer fazer como o Toy e conduzir com os joelhos. O ar condicionado é demasiado artificial, mas se abrirmos os vidros é uma ventania de ar quente que não se aguenta. Ponto extra para as nós, raparigas com o cabelo comprido, que começamos a ter mais cabelo na frente da cabeça por causa do vento.

 

10. Não é aceitável não gostar do verão

 

Dizer a alguém que não gostamos do verão é cometer suicídio público. Se estão a pensar dizê-lo, tenham em mente que vão surgir perguntas como “estás parvo?” e “como é que é possível não gostares do verão?”. Depois experimentem dizer também que não gostam de praia. Se o vosso objetivo era fazer novos amigos, esqueçam lá isso.