Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Isto É Peanurs

Questões que assolam a humanidade #9

 

Como é que o sapato da Cinderela só lhe servia a ela?

 

Não querendo arruinar um dos contos infantis mais adorados de sempre, há várias coisas na história que me incomodam. Primeiro: os sapatos deviam desaparecer. O vestido, a carruagem e afins desaparecem quando o feitiço acaba à meia-noite, mas os sapatos não. Qual é a explicação? E, por sorte, tinham de ser mesmo os sapatos. A rapariga podia ter ficado com o vestido, mas isso não permitia que o príncipe a encontrasse depois, não é?

 

Mas supondo que a Fada Madrinha fez de propósito para que a magia dos sapatos durasse mais que a restante, como é que se produz um sapato que só serve a uma pessoa? É que todas as raparigas experimentaram o sapato. TODAS! Partindo do princípio de que a Cinderela era uma rapariga de estatura perfeitamente normal e calçava um 37/38, os sapatos tinham de servir a mais raparigas. Portanto, ou a Cinderela calçava o 50, ou então esta história está muito mal contada.

2 comentários

Comentar post