Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Isto É Peanurs

A dita "abertura fácil"

IMG_20160207_141212.jpg

 

Um estudo conduzido por mim ao longo dos meus 23 anos de vida provou que a dita "abertura fácil" dos pacotes de leite é das coisas mais difíceis da vida. De todas as pessoas que conheço, nunca vi nenhuma a abrir um pacote de leite pelo tracejado. Não é que tenha por hábito perguntar às pessoas como é que abrem um pacote de leite, mas é algo em que reparo quando vou lanchar a casa de alguém. E reparo por um motivo bastante simples: há duas formas de abrir um pacote de leite - vertical e horizontalmente.

 

Portanto, a pessoa que abre verticalmente o pacote do leite, começa por espremer aquela ponta do pacote e depois de a cortar fica com um corte deficiente em forma de losango (ou algo que se pareça). Não é esteticamente bonito e dá mais trabalho, mas há muita gente que opta por esta opção. Já a versão horizontal do corte é bastante mais prática e esteticamente mais apelativa. Quando colocamos o pacote do leite no frigorífico podemos simplesmente dobrar a ponta para cima e o corte mantém-se recto e não em forma de triângulo.

 

Exploradas que estão as duas opções, é importante perceber que não há uma terceira opção de "pessoas que abrem os pacotes de leite recortando pelo tracejado que diz abertura fácil". Não há! E sabem porquê? Primeiro porque uma abertura fácil pressupõe-se que não seja sequer necessária uma tesoura ou uma faca. Chegam os nossos dedos. E, em segundo lugar, porque é mais fácil calcular o diâmetro de um grão de areia do que abrir o pacote do leite da forma que nos é "impingida" pelas palavras enganadoras.

 

1 comentário

Comentar post